Vanessa de Oliveira. Dicas de amor, sexo, sedução e relacionamentos.

Início / NÃO TENHO MAIS TESÃO POR ELE…

NÃO TENHO MAIS TESÃO POR ELE…

SHARE
/ 324550 0

A ROTINA E O HÁBITO PODEM ACABAR COM QUALQUER RELACIONAMENTO… É PRECISO SABER INOVAR

“Oi Van, tenho 27 anos e há 8 anos estou com meu marido, estou me sentindo mal, pois não tenho mais vontade de manter relações sexuais com ele e até hoje só cheguei ao orgasmo uma vez e estou desesperada, pois ele me cobra muito sobre o fato de eu não querer manter relações com ele e me pergunta o motivo. Eu já fui na ginecologista e falei com ela… ela disse que está tudo bem comigo. Mas sinto atração por outros homens e sinto desejo também, porém, com meu marido não sei o que está acontecendo e estou desesperada, pois ele é ótimo comigo. Me ajude, por favor, minha autoestima está muito ruim por conta disso e não estou me sentindo mulher de verdade, pois estou deixando a desejar na relação. Já pensei até em trair o meu marido por conta disso. Me ajude por favor!!! Será que é a rotina e o convívio? Será que considero ele mais um amigo do que outra coisa? Me ajude por favor , pois estou enlouquecendo por conta disso!

Ass: Maria Desespero”

RESPOSTA:

Amiga, essa é uma situação delicada. Vou lhe falar o que eu penso e vou pedir para você refletir sobre isso antes de tomar qualquer decisão. Não vou te dar a resposta pronta como na maioria das vezes eu faço, dizendo como você deve proceder, mas vou abrir o leque para você de uma forma que você consiga enxergar melhor a sua situação e assim possa decidir o que mais lhe convém.

Quando existe dúvida, não há dúvida.

Você casou bastante nova, creio que não tenha tido muitas experiências na vida com outros homens, e creio que também casou em uma fase em que na verdade deveria estar fazendo outras coisas em vez de se casar. Sabe, a gente precisa respeitar as fases da vida, porque se não as respeitamos, no futuro elas vem e nos cobram neste tipo de situação, porque tudo tem o seu tempo certo de acontecer.

Ok, a vida não é perfeita, nem sempre tudo sai como planejamos e coisas inusitadas acontecem. Concordo plenamente. E parece que estou falando como uma mãe dando lição de moral agora, né? Mas não é essa a minha intenção, estou na verdade tentando te explicar o porquê você está com estes sentimentos confusos.

Amiga, você pulou uma fase da sua vida, que era a de estar solteira e fazer as descobertas da vida inerente a qualquer ser humano que esteja vivo neste planeta e por isso esta fase agora está apitando em você o sinal de alerta de “EEEIIIII, eu quero viver outras coisas, outras pessoas, outras situaçõesssss!!!!!”

Você não tem orgasmos com seu marido porque na verdade não tem tesão por ele, e provavelmente só teve no início do relacionamento.

Acredito que você se apaixonou, teve aquela fase da empolgação, casou e viveu bem com ele até determinado momento, ou pelo menos, de forma satisfatória a maior parte deste tempo. Você pode ter orgasmos sim, visto que sua ginecologista disse que está tudo bem com você e você sabe que chega ao clímax porque pelo menos uma vez já chegou.

Outro fator que revela não existirem problemas de ordem física na sua saúde sexual é o fato de que você sente tesão por outros homens. Então, praticamente te afirmo que o que você está fazendo aqui é apenas confirmar o que você já sabe, você quer transar com outros homens amiga e ponto final, porque casou muito nova e sente que há um mundo inteirinho lá fora.

Você pode estar se sentindo mal em achar que por ter essa vontade é algo errado, pois isso é contra tudo aquilo que você recebeu de informação sobre a ética e a moral. E para ajudar isso, infelizmente, a parte sexual sua com seu esposo, apesar de todas as outras partes do relacionamento serem boas, deixou a desejar até aqui, tanto que você só foi completamente feliz uma única vez com ele.

Amiga, você sabia que até agora vocês podem estar fazendo sexo de uma maneira que só agrada a ele e não a ti? Gostaria que refletisse sobre esse fato: se durante a penetração ele estimula o seu clitóris ou vocês apenas ficam na penetração frenética do vai-e-vem. Porque amiga, não há Santo nenhum que eu conheça que a gente possa acender uma velinha para ele e pedir um orgasmo baseado somente na penetração.

Esse milagre não existe!!! E se você só teve um orgasmo até hoje e se é saudável, pode ter certeza de que faltou interação do casal aí. Faltou ler mais, faltou conversar mais, faltou procurar aprimorar os jeitinhos, os encaixes entre o casal e as técnicas. Sim!!!! A gente vai crescendo e vai se aperfeiçoando na arte de “fazer amor”. Não, isso não é somente para aqueles que são profissionais do sexo. Isso é para todos aqueles que querem ser feliz sexualmente e que querem ficar cada vez melhor. Todo mundo deveria treinar e buscar aperfeiçoamento.

E amiga, é inevitável! Casal cai na rotina SIM!!!! Só que casal bem informado faz o seguinte: procura incrementar o dia a dia. Não dorme no ponto e busca por novidades. Porque existe um ponto da rotina, quando se passa muito tempo sem reagir ao marasmo, que é bem difícil de reverter. Mas dá para reverter, mas é necessário que você esteja disposta para tentar e que se empenhe, ok?

Seguinte: tente sair da rotina inovando, mesmo que inicialmente você não sinta muita vontade nisso. Para que se, você chegue a tomar uma decisão inversa a de estar com ele, possa dizer para si que tentou fazer algo para mudar a situação.

Se eu acho que vocês se tornaram bons amigos? Pode ser, e cogito essa possibilidade até mesmo pelo fato de você própria ter cogitado ela primeiramente. Sabe o que acontece? Muitas vezes as pessoas me escrevem com a pergunta e a própria resposta na pergunta. É que elas na verdade não estão com tantas dúvidas assim, elas estão mais é querendo que eu dê um empurrãozinho naquilo que elas não tem muita coragem de assumir ainda para si ou então que não tem coragem para tomar a atitude que gostariam.

Amiga, o que realmente você vai fazer não posso te dizer, porque essa escolha vai ter de ser tua mesmo, vais ter de decidir entre investir mais um pouco na tua relação e ver se as coisas melhoram, ou vai ter de pular fora dela e curtir a vida que há por aí, experimentar outros beijos e fazer as tuas descobertas pessoais.

Bem, o que você vai perder e ganhar com isso só você sabe, porque com certeza há outras coisas em jogo das quais eu não sei exatamente o que são, mas que sei que existem. Então pese! Parece que te deixei na mão de novo, né? Tipo, empurrei a batata quente de volta para ti e não assoprei nadinha, né?… Rsrsrs, mas vou te ajudar a pesar as coisas.

Pergunte-se neste momento: O QUE EU DE VERDADE QUERO PARA A MINHA VIDA? COMO IMAGINO ESTAR DAQUI HÁ CINCO ANOS? AONDE? COM QUEM? FAZENDO O QUE? (5 minutos para pensar, não siga a ler antes de responder estas questões a si mesma)

(…)

As coisas que você coloca nesta sua resposta pessoal são as coisas importantes para você.

Pese a balança da tua escolha de acordo com a viabilidade destas coisas que você respondeu se tornarem uma realidade. E se você respondeu que espera estar com seu marido, então salve este relacionamento investindo suas forças na quebra da rotina sexual.

Se você se imaginou com um novo amor amiga, na hora de dizer com quem quer estar daqui há 5 anos, sinto em lhe dizer, mas você não o ama mais, ou pelo menos não nesta fase da vida. Mas a decisão é sua. As respostas da balança são suas. Eu só vou te ajudar a encontrar um caminho, mas quem vai decidir se o seguirá é você. Afinal, O Livre Arbítrio é Sagrado!

Beijos,

Van…