Vanessa de Oliveira. Dicas de amor, sexo, sedução e relacionamentos.

Início / A COMPARAÇÃO DETONA A SUA AUTOESTIMA

A COMPARAÇÃO DETONA A SUA AUTOESTIMA

SHARE
1384 0

Amiga, você sabe o que são “condicionamentos“? Não… o nome daquilo o que se coloca na comida é “condimento”, lindona… CONDIMENTO (he,he,he).

Condicionamento é o ato ou efeito de se tornar dependente de uma condição, seja ela boa ou ruim. O que ocorre é que, sendo a nossa maior habilidade a Adaptação, naturalmente tendemos a nos tornar dependentes daquilo oque nos ocorre com frequência e que gera um determinado reforço.

Todo mundo recebe condicionamentos desde pequeno.

Sabe aquelas ideias e “verdades” que acabam sendo passadas de geração em geração e que podem ser muito importantes para a vida? Pois é… o que acontece é que algumas dessas ideias condicionantes trazem pensamentos limitantes que poderão no futuro atrapalhar a tua vida, tanto pessoal, quanto profissional, espiritual e até fisicamente.

“A fulana de tal tem a tua idade e já faz isso, aquilo e aquilo outro.”… Esse é um tipo de frase bastante comum que a gente escuta quando é criança ou adolescente e que pode acabar gerando sérias distorções de autoimagem.

“Condicionamentos” são como “infecções” que são passadas e repassadas sem se pensar de fato no que significam e como vão afetar a vida das pessoas…. é como um vírus social “etéreo”, ou seja, que não se é capaz de se combater objetivamente.

Observe essas frases e seus significados ocultos:

  • “Vá lavar a mão pois você pegou em dinheiro” – o dinheiro é sujo;
  • “Se melhorar, estraga” – aceite o que tem;
  • “Deus só ajuda quem cedo madruga” se quer ter sucesso, terá de sofrer;
  • “Homens são assim mesmo” – aceite o homem como ele é e pronto.

Muitas outras coisas são ditas para a criança, com a intenção de educar, de ensinar, mas de fato acabam por ficar gravadas no subconsciente e, assim, criam ideias que poderão, cedo ou tarde, inibir o desenvolvimento da pessoa em alguma medida.

A comparação é um desses condicionamentos que começa desde cedo para que a criança aprenda o que é “aceitável”, mas será mesmo que isso realmente ajudará ou irá impedir que um possível talento dessa criança se manifeste?

Nessa “brincadeira” os adultos usam outras crianças como comparativo, que realizam algo que eles consideram aceitável, como por exemplo, ir bem em Matemática! Como assim? Ir bem em Matemática é algo que pode ser inerente, e isso não tem nada a ver com “QI” e sim com alguma predisposição ou talento.

Cada ser traz consigo uma bagagem de dons e talentos que irão continuar desenvolvendo pela vida a fora, mas também por outro lado, desafios que terão que superar e, definitivamente não é através da comparação nem do julgamento que irão superar esses desafios, mas pela compreensão e ajuda dos adultos que estão à volta e percebem quais são esses desafios, sem comparar com ninguém.

Não precisamos ir muito longe com essa questão… basta você pensar sobre a Moda, por exemplo, ou aos “padrões” colocados goela abaixo sobre o que vem a ser um corpo bonito ou não…

Essa é exatamente a origem da insatisfação das pessoas, porque foram comparadas com outras, foram ensinadas a competir com outras para alcançar um grau de aceitação daqueles com quem convivem, confiam e amam.

Quando comparamos a gente com outra pessoa, estamos automaticamente julgando alguém baseados em nós, ou vice-versa. Como assim?! Se cada pessoa é única no Universo, como é possível comparar?

Desse ponto começa a competição e, como nunca ninguém vai ser exatamente igual ao outro, a frustração passa a ser inevitável em algum nível. Da frustração surge o estresse por tentar e não conseguir.

O estresse produz substâncias bioquímicas no nosso corpo que vai causando o “desligamento” dos neurônios que se comunicam eletricamente e então vamos literalmente nos desconectando de nós mesmas.

Se estas substâncias não pararem de desligar os neurônios ao ponto de entrarmos em um estado de depressão por conta da produção ininterrupta daqueles bioquímicos que os desconectam. A depressão por sua vez faz cair o sistema imunológico do corpo e ficamos então sujeitos a contrair doenças que antes nem nos afetavam porque nossa proteção estava funcionando.

A depressão foi o que mais matou no Século XX e ao invés de melhorar esse índice, só piora… Por que será?

Então, amiga, o que podemos fazer? Em primeiríssimo lugar é preciso parar de julgar e se comparar… Pare de se comparar com os outros! Com essa coisa de rede social então, fica muito mais difícil, eu sei, mas a ideia é que você passe a se inspirar em outras pessoas e isso é totalmente diferente da comparação.

Quando você se compara, o seu senso de julgamento e condenação entra em cena… diferente disso, quando você “se inspira”, você está notando aquilo o que é legal no outro e reconhecendo em ti mesma a capacidade de trabalhar aquilo em ti… Percebe a diferença?

“Olha que mulher linda!!! Eu sou um trapo perto dela” – frase comparativa.

“Olha que mulher linda!!! Vou começar a me cuidar mais para ficar tão apresentável quanto ela…” – frase inspirativa.

Percebe que na primeira frase, a pessoa já está se condenando enquanto, na segunda, ela está gerando um movimento de progresso para ela mesma?

Você só pode se comparar a si mesma, amiga, e ponto.

Como eu estava ontem, como estou hoje, como quero estar amanhã? Você deve sim usar as conquistas de alguém que você admira como espelho, mas dentro daquilo que você tem disponível em ti mesma, dentro das tuas próprias capacidades, lindona!

Pare já de se comparar e se condenar… Isso pode acabar com sua saúde e sem saúde vai chegar aonde?!

Portanto começar a se autoconhecer: saber como você, que é única e como funciona; saber como usar toda sua capacidade de planejar, confiar e agir dentro de toda a “especialeza” que você possui e utilizar seus talentos, os dons que já foram dados a você de graça quando nasceu e também aqueles que com esforço pessoal você alcançou, PARA SEU SUCESSO, tudo isso ajudará para que você, no lugar de se comparar aos outros, passe a ser o próprio “objeto” inspirador.

O sucesso que você alcançará dessa forma será natural, fluirá de forma tranquila porque você passará a fazer exatamente o que você veio fazer nessa vida, lindona!

Quando a gente entende isso e faz aquilo que é nossa vocação, tudo flui com mais leveza, a gente passa a vida fazendo o que gosta e exatamente o que veio fazer aqui, e não o que outras pessoas queriam que você fizesse.

Lembre-se que a comparação te trava, enquanto a inspiração te põe em movimento. Comparar é olhar para o melhor do outro, enquanto inspirar, é olhar o melhor em ti mesma.

Amiga, preste atenção se você está nesse círculo vicioso da comparação, julgamento, estresse, depressão e, se estiver, saia já. Procure ajuda profissional se for necessária, um médico, um terapeuta, atividade física que ajuda muito, mas, por favor, PARE DE SE COMPARAR.

O segredo do sucesso em todas as áreas da vida é a PARCERIA, na inspiração, na competição saudável e não a comparação.

Lembre disso e siga seu caminho com mais leveza, autoconfiança e a certeza que o que conseguir é seu porque você chegou lá, amiga!

Portanto, será que a mente afeta o corpo?

SIIIMMMM!!!!

Pode afetar tanto positiva, como negativamente… Depende apenas de ti, lindona.

Caso você ainda não me conheça, lindona, eu, Vanessa de Oliveira, venho estudando o comportamento humano nas relações já há anos e, como autoridade na área de relacionamentos proponho ensinar às minhas alunas o conhecimento capaz de ajudá-las a se autoconhecerem para se desenvolver num amplo espectro da vida pessoal, social, amorosa, profissional e por aí vai…

Certamente, lindona, ao se inteirar mais sobre os ensinamentos que passo através dos meus cursos, você sairá uma mulher verdadeiramente poderosa. São anos e anos, ajudando milhares de mulheres, amiga e os depoimentos a seguir falam por si, olha só:

Esses são apenas alguns, entre os milhares, dos depoimentos que recebo dia após dia, miga e não param. Eu acredito que, como uma mulher inteligente, se você chegou até aqui, certamente você está disposta e quer muito ir mais adiante, não é mesmo?

Estamos falando de um aprendizado que envolve o conhecimento sobre as estruturas comportamentais e, para isso, amiga, basta você seguir direitinho as minhas instruções e estar aberta para aprender mais sobre si mesma e sobre os homens, que a coisa simplesmente vai acontecer até mesmo sem que você perceba… Quando viu, já foi… tipo isso.

No mais, é sempre bom você estar atualizada e atenta aos sinais, quando o assunto envolver a sua vida amorosa… Eu falo muito sobre isso, e, quer saber: no meu curso você terá tudo isso e muito mais e você pode facilmente se INSCREVER CLICANDO AQUI, no botão abaixo, para passar a ter acesso ao melhor conteúdo sobre relacionamentos, coquista, sedução, atração e tudo mais que abrange a vida a dois…

Dá só uma olhada em todo o conteúdo que você terá acesso, lindona, e vê se dá para deixar passar essa chance:

  • Aprender através de vídeos sequenciais, qual é a filosofia de vida de uma mulher magnética;
  • Quais são as ações que você deve tomar desde o momento do encontro até na hora em que estiver se relacionando com o cara;
  • Qual é o comportamento social mais adequado que você deve passar a ter;
  • Como você deve olhar para sua história e o que fazer nas mais variadas situações em relação ao amor;
  • Como potencializar o seu poder de conquista.
  • Vai aprender como se relacionar com os homens, e como desmistificar esse “grande bicho de 7 cabeças” da maioria das mulheres;
  • Você vai saber absolutamente tudo o que eu sei sobre sexo,

E muito… muito mais…

Em outras palavras, trata-se de um processo de desenvolvimento da sua vida pessoal e amorosa que não consiste apenas em Atrair e Seduzir, mas também, de trabalhar a Autoestima e Autoconfiança que são capazes de fazer você transformar sua vida daqui para os próximos 30 Dias… Quer mais? Então tá… Você ainda terá acesso ao Clube da Mulher Magnética, onde poderá conversar diretamente comigo pelos próximos 30 dias (sem pagar nada a mais por isso)…

Clique aqui agora e faça a diferença na tua vida, lindona.

É mole ou quer mais…? Te espero na primeira aula, lindona…

Vanessa de Oliveira.

Ahhh… Amiga, se quiser participar do meu  grupo de perguntas e respostas no Instagram e se inteirar sobre dicas práticas e incríveis, todos os dias…

Clique aqui e acesse meu Insta, agora mesmo!

92 – 51