Vanessa de Oliveira. Dicas de amor, sexo, sedução e relacionamentos.

Início / A CEGUEIRA DA PAIXÃO PODE SER FATAL

A CEGUEIRA DA PAIXÃO PODE SER FATAL

SHARE
1561 0

Amiga linda, quantas vezes você já se encantou com uma pessoa e na fase da paixão, que te desperta aquele turbilhão de energia e que parece te fazer fazer bem, acaba te deixando cega para o todo, para o macro, fazendo como se aquele cara fosso realmente o”o escolhido“… o “homem dos teus sonhos”?

Nesse momento, tudo é cor de rosa, ou melhor, vermelho que é a cor do elemento fogo e tem a ver com a paixão e tudo o que acontece mental, física e emocionalmente quando alguém está apaixonada…

O corpo, nesse momento, começa a produzir endorfinas, dopaminas e neurotransmissores, que facilitam a conexão dos neurônios, trazendo aquela boa sensação de prazer, igualmente quando você está fazendo as tuas atividades físicas, consumindo alimentos como aveia, pimenta, semente de abóbora e girassol, alface e, claro, o chocolate… Mas estar apaixonada também produz substâncias de prazer e é por isso que a gente se sente tão bem quando está apaixonada, amiga.

Mas é quando toda essa excitação diminui que fica mais fácil de perceber os sinais sobre a possibilidade de relação ser saudável ou não.

Nesse momento, ter a clareza de tomar uma atitude necessária para que a situação não se complique, no caso de que esses sinais demonstrem a possibilidade de algo nocivo, por exemplo. Quanto antes isso ficar claro, mulher, melhor.

Isso porque:

O ser humano é extremamente adaptável e pode acabar se acostumando com algo que não é bom para ele…

Em muitas relações, as situações fazem com que esse processo seja mais acelerado e fica mais difícil perceber se o relacionamento será bom, o que faz com que ambos se envolvam numa medida difícil de se separar depois…

Quando isso acontece, pode ser que aquilo o que era muito bom durante a paixão evolua para algo não tão bom para um dos parceiros ou até mesmo para os dois. O atrito nesses casos começa nas mínimas coisas que antes eram até interessantes, mas acabam por se tornar incômodas e se os dois não se derem conta disso, a tendência e piorar cada vez mais, lindona.

Veja o caso dessa menina, de 25 anos, a tal da Micheli Schlosser…, ou meso aquele da Tatiane Spitzner, lembra? Aquela que foi morta e atirada da janela pelo namorado?

Poxa… nesse primeiro caso, o da Micheli, a menina toma 5 tiros do cara e ainda quer voltar com ele? Como assim? Essa menina é maluca? É idiota ou o que?

Não, amiga… não é maluca e nem nada disso…

Veja tudo o que eu te expliquei acima sobre a maior habilidade de toda a vida no planeta: a ADAPTAÇÃO…

Nesse caso, a volta da vítima a seu algoz (estou generalizando o caso) não ocorre por mera ignorância ou gosto por apanhar, e sim, é fruto de um histórico de agressões do dia a dia em que o homem culpa a companheira por “perder a paciência” e a mulher naturaliza a violência… Nesse caso, a mulher acabou se adaptando a isso, pois na nossa cultura isso é bastante comum de acontecer: o homem faz o que quer, por exemplo, a mulher reclama e ele “perde a cabeça” por consequência.

Ambos acabam presos num looping do qual é difícil sair. A psicologia trata isso como “ciclo da violência” e esse ciclo é dividido em três fases: aumento da tensão (quando o homem apresenta comportamento instável), explosão (agressão de fato) e lua de mel (quando ele se arrepende e passa a se comportar bem por um tempo). Após o período estável, o ciclo volta à primeira etapa.

Quando há a violência física na relação, pode ter certeza de que já há um histórico de violência psicológica instalada. E quanto mais intensa a agressão física, mais antigo é o histórico da agressão psicológica… Acontece que, por sermos altamente adaptáveis, acabamos naturalizando a coisa toda até que, por fim, a coisa passa do limite.

E olhe lá, porque, como se vê nesse caso, nem mesmo um ato que poderia ter sido fatal, como esse em questão, foi capaz de acordá-la do transe. Vê o perigo disso, amiga?

O nosso ambiente cultural também intensifica muito essas questões… Situações como a promessa de “felizes para sempre”, “o amor tudo vence”, “a família em primeiro lugar”… Tudo isso acaba reforçando esse tipo de situação que pode acabar em feminicício… Veja: por sorte ela ainda pode estar aqui para contra a história, mas, por muito pouco não acabou se tornando mais uma vítima fatal fruto de uma paixão desmedida.

Por isso, amiga, estar atenta aos sinais de uma relação, mesmo na fase da paixão é muito importante. Curtir sim, mas fique atenta a sinais muitas vezes pequenos e sutis que poderão indicar a ponta do iceberg do caráter e valores do parceiro.

Ninguém é perfeito, mas procurar sintonizar com a pessoa que a gente se relaciona, vai fazer com que percebamos se as frequências realmente estão em harmonia. Se não estiverem, sempre é possível um diálogo aberto e franco para que esses pequenos detalhes não se tornem um tsunami e destrua, não só a relação, mas também a saúde mental física e emocional dos dois.

Um bom relacionamento é o de parceria, que trás como base os valores, onde cada um realiza sua parte da melhor forma para alimentar o relacionamento que é bom para os dois. Nenhum relacionamento pode ser bom se uma parte domina a outra, compete com a outra, ou se dá com base em qualquer tipo de abuso, seja mental, emocional ou físico.

Sempre é bom que mesmo no envolvimento agradável da paixão, esses detalhes sejam esclarecidos e conversados honestamente para que a relação não chegue em um ponto tal que entre nesse ciclo que se faz como um rodamoinho…

Amiga, sempre precisamos cuidar de nossa autoestima e, principalmente, do nosso amor próprio para evitar lançar mão do nosso poder pessoal que todo mundo possui para que as situações em um relacionamento não cheguem a um ponto crítico que coloque em risco a tua integridade em qualquer esfera.

Quando tiver dúvida, lindona, não há dúvida. Faça como milhares de alunas minhas e aprenda sobre COMO identificar com mais precisão e evitar esse tipo de armadilha para a tua vida.

E para você que ainda não me conhece, amiga, eu, Vanessa de Oliveira, venho, há anos e anos, orientando e ensinando mulheres através de diversos cursos que envolvem a arte da atração, da sedução e da conquista, resumidamente. Grosso modo, amiga, eu ensino sobre pompoarismo, sobre coquetismo, sobre técnicas comportamentais para agir diretamente nas estruturas mentais dele e influenciá-lo a fazer aquilo o que você deseja…

Certamente, lindona, ao se inteirar mais sobre os ensinamentos que passo através dos meus cursos você se promoverá a uma mulher muito mais poderosa do que era antes… São anos e anos, ajudando milhares de mulheres, amiga e os depoimentos a seguir falam por si, olha só:

Esses são apenas alguns, entre os milhares, dos depoimentos que recebo dia após dia, miga e não param. Eu acredito que, como uma mulher inteligente, se você chegou até aqui, certamente você está disposta e quer muito ir mais adiante, não é mesmo?

Pois bem… Ao se inscrever no meu curso, você vai ter acesso a conteúdos incríveis e que vão te ajudar, em pouquíssimo tempo, a atingir o mesmo estado emocional e de gratidão dessas mulheres que citei. E se você pensa que existe alguma “magia aí”, nada disso, lindona… Apenas eu venho aprimorando as minhas técnicas e orientando para que as mulheres consigam desenvolver nelas mesmas… Apenas isso…

Estamos falando de um conhecimento que envolve o conhecimento sobre as estruturas comportamentais e, para isso, amiga, basta você seguir direitinho as minhas instruções e estar aberta para aprender mais sobre si mesma e sobre os homens, que a coisa simplesmente vai acontecer até mesmo sem que você perceba… Quando viu, já foi… tipo isso.

Existem duas forças que movem todas as formas de vida, amiga: é a força da PROCRIAÇÃO e a força da PRESERVAÇÃO, que são convertidas no DESEJO e, a segunda, no MEDO.

Aprenda comigo sobre como você pode usar essas duas forças nos homens ao seu favor e esteja certa que tudo o que motiva o homem está relacionado, diretamente, a essa força poderosa do desejo ou do MEDO de perder aquilo o que se tem…

Durante anos eu venho me dedicando aos estudos profundos sobre as relações humanas e o resultado, são os cursos que, te garanto, vão realmente te ajudar a se tornar uma mulher melhor em todos os sentidos, amiga… O lha só, por exemplo o que preparei para ti no meu curso Mulher Magnética: 30 dias para mudar a sua vida:

Módulo 01 – O Poder da Autoestima Inabalável

No Módulo 01 você terá acesso ao primeiro pilar: quando uma mulher decide realmente ser poderosa e autoconfiante, ou seja, vamos trabalhar a sua autoestima.

Módulo 02 – Seja Sedutora Acima de Tudo

No Módulo 02 Você irá aprender como usar seu poder de conquistar e reconquistar os homens, ao final dele você estará pronta e saberá tudo sobre as técnicas de sedução e como fazer com que os homens se interessem e se apaixonem por você!

Módulo 03 – Como Ser Uma Deusa

No Módulo 03 Você irá aprender sobre como ser uma Mulher Bem Resolvida na Cama, aprendendo tudo sobre sexo e, também, sobre qual a importância desta poderosa energia na sua vida!

Você irá aprender como realmente se tornar uma Mulher com Peito de Aço, capaz de colocar novamente a sua vida amorosa na ordem que você quiser… Está está convencida? Pois então, que tal receber também acesso ao Clube da Mulher Magnética e falar diretamente comigo por 30 dias (grátis) e esclarecer todas as suas dúvidas, heim? Que tal?

Apenas, peço para que você faça isso o quanto antes, pois as vagas no Clube da Mulher Magnética são limitadas e, caso você não consiga entrar agora, ficará em uma fila de espera e assim que forem abrindo mais vagas, você será notificada e poderá usar esse bônus em outro momento sem nenhum custo adicional.

Esse é o passo a passo perfeito para despertar a Mulher Poderosa que há em você e fazer com que qualquer homem se apaixone por quem você é verdadeiramente e não “parcialmente” que é como você acaba sendo, quando não potencializa o melhor de si.

Até mais, amiga… Espero ter te trazido algum luz…

Beijão.

Vanessa de Oliveira.

Saia do senso comum, amiga, e entre no universo das mulheres poderosas e que sabem da alquimia do amor… Apenas venha comigo e descubra como…

Tô te esperando… Beijos.

Vanessa de Oliveira.

Ahhh… Amiga, se quiser participar do meu  grupo de perguntas e respostas no Instagram e se inteirar sobre dicas práticas e incríveis, todos os dias…

Clique aqui e acesse meu Insta, agora mesmo!

91 – 49