Vanessa de Oliveira. Dicas de amor, sexo, sedução e relacionamentos.

Início / EJACULAÇÃO FEMININA? CUIDADO…

EJACULAÇÃO FEMININA? CUIDADO…

SHARE
7259 0

Van, um dia desses percebi que após a relação sexual, havia saído um líquido mais consistente e esbranquiçado da minha vagina. Gostaria de saber o que isso pode ser, seria ejaculação feminina de que tanto falam?

Ass: Maria Branca de Neve

Amiga linda, se saiu da sua vagina o líquido, o que eu te falo é que isso pode ser uma pequena proliferação de bactérias que se misturou com sua lubrificação intima formando um liquido mais pastoso durante a frenética penetração, pois, com todo o vai e vem da penetração a coisa toda dentro de você aqueceu e fermentou, lembrando que as bactérias se proliferam muito rápido em ambientes quentes.

Pode ser que seja uma simples cândida (ou não, né? Sugiro um preventivo amiga linda para descobrir e medicar corretamente).

E espero que você tenha usado preservativo, pois desta forma poderá ter certeza de que não se trata do esperma masculino.

Outra coisa, caso tenha saído uma espécie de gelatina junto, como se fosse um bloco pequeno, do tamanho geralmente de uma colher de cafezinho, saiba que isso se trata do muco vaginal da ovulação, o que indica que você além de tudo está no período fértil… 

Quanto a ser ejaculação feminina, eis meu parecer sobre o assunto: Ela não existe, não pelo menos da forma como as pessoas imaginam que ela seja. Veja bem, a anatomia feminina não tem um órgão como a próstata, que produza, armazene e excrete um líquido parecido com o sêmen. Nãoooooooo. Então, sêmen feminino esquece! Não existe.

Daí você me pergunta: “Massss Vanessaaaaaa, tem um monte de mulheres falando que sai um liquido na relação sexual pela uretra, às vezes até parece xixi e em outras não, inclusive contém baixa concentração de uréia ou nenhuma em alguns casos, o que é isso então?”. Vou dizer o que é isso… Quando um homem penetra uma mulher e o ponto G dela é alcançado, automaticamente ela sente vontade de urinar, certo? Isso porque o ponto G tem ramificações nervosas que estão ligadas não somente ao clitóris, mas também ao trato urinário em geral, ou seja, a bexiga também está sendo atingida pelos nervos. Lembrando que a quantidade de nervos varia de mulher para mulher de acordo com a genética pessoal de cada uma.

Há uma regra geral da fisiologia humana. Quando a bexiga é estimulada a pessoa sente necessidade de urinar, ponto final.

Se a genética da mulher que está tendo a relação sexual conter muitos nervos na região pélvica, a bexiga e o clitóris serão bastante estimulados, ou seja, ela irá urinar ou pelo menos sentir vontade disto. Há mulheres inclusive que sentem bastante dificuldade em segurar essa urina, afinal, estão demasiadamente relaxadas devido á excitação a ponto de poderem controlar seus músculos pélvicos. Então a urina escapa e as pessoas tem a ideia de que é ejaculação feminina.

Porém, nem sempre o que sai é urina, afinal, se a mulher tiver esvaziado a bexiga antes do sexo a taxa de ureia dela será quase nula, então, com a bexiga estimulada o que acaba sendo excretado é praticamente água, cuja imaginação masculina quase implora por determinar que isso seja visto como ejaculação, afinal, eles são deslumbrados com esperma e dão exacerbado valor à ejaculação.

Tanto que a sensação do momento é uma pílula vendida somente nos EUA (por enquanto) que aumenta a quantidade de esperma e potencializa a velocidade com que este sai do pênis. Os homens simplesmente acham O MÁXIMOOOOOO!! Eu particularmente detestei a experiência porque parecia que um lava-jato tinha me atacado, fora que esperma espalhado no meu corpo não me causa a menor excitação, nem a mim e nem a 99,9% das mulheres. Na hora achei que o cidadão ia morrer de tanto gozar… (hehehe)

Mas enfim, essa vontade dos homens aliada à falta de informação das mulheres quanto ao próprio corpo e o desejo de acreditar que seja assim para deixar os homens mais animados faz com que as pessoas falem e especulem sobre a ejaculação feminina.

Sabe, inclusive há relato de mulheres que começam a se masturbar e “urinam” durante o ato. Atenção meninas que passam por esta situação: isso quer dizer que suas ramificações nervosas são bastante extensas a ponto de estimularem o Ponto G e a bexiga quando o clitóris é tocado… simples assim.

E para quem não consegue controlar isso, sente-se desconfortável com a situação e tem medo de chegar perto do orgasmo a dica é pompoarismo para aprender a coordenar os movimentos pélvicos musculares e controlar a bexiga mesmo em situações de relaxamento. Inclusive, essas mulheres são as principais candidatas a terem incontinência urinária na fase adulta. 

E pelo Amor de Deus, não me caiam na armação dos filmes pornôs que com truques fazem as mulheres jorrarem leite. E para você homem, que sente-se excitado bebericando a ejaculação da sua esposa, bom xixi… ;D

E para você, amiga linda, que acompanhou esse post e ainda não me conhece…  Eu sou a Vanessa de Oliveira e venho estudando o comportamento humano nas relações já há anos e, como autoridade na área de relacionamentos proponho ensinar às minhas alunas o conhecimento capaz de ajudá-las a se autoconhecerem para se desenvolver num amplo espectro da vida pessoal, social, amorosa, profissional e por aí vai…

Certamente, lindona, ao se inteirar mais sobre os ensinamentos que passo através dos meus cursos, você sairá uma mulher verdadeiramente poderosa. São anos e anos, ajudando milhares de mulheres, amiga e os depoimentos a seguir falam por si, olha só:

Esses são apenas alguns, entre os milhares, dos depoimentos que recebo dia após dia, miga e não param. Eu acredito que, como uma mulher inteligente, se você chegou até aqui, certamente você está disposta e quer muito ir mais adiante, não é mesmo?

Estamos falando de um aprendizado que envolve o conhecimento sobre as estruturas comportamentais e, para isso, amiga, basta você seguir direitinho as minhas instruções e estar aberta para aprender mais sobre si mesma e sobre os homens, que a coisa simplesmente vai acontecer até mesmo sem que você perceba… Quando viu, já foi… tipo isso.

No mais, é sempre bom você estar atualizada e atenta aos sinais, quando o assunto envolver a sua vida amorosa… Eu falo muito sobre isso, e, quer saber: no meu curso você terá tudo isso e muito mais e você pode facilmente se INSCREVER CLICANDO AQUI, no botão abaixo, para passar a ter acesso ao melhor conteúdo sobre relacionamentos, coquista, sedução, atração e tudo mais que abrange a vida a dois…

Dá só uma olhada em todo o conteúdo que você terá acesso, lindona, e vê se dá para deixar passar essa chance:

  • Aprender através de vídeos sequenciais, qual é a filosofia de vida de uma mulher magnética;
  • Quais são as ações que você deve tomar desde o momento do encontro até na hora em que estiver se relacionando com o cara;
  • Qual é o comportamento social mais adequado que você deve passar a ter;
  • Como você deve olhar para sua história e o que fazer nas mais variadas situações em relação ao amor;
  • Como potencializar o seu poder de conquista.
  • Vai aprender como se relacionar com os homens, e como desmistificar esse “grande bicho de 7 cabeças” da maioria das mulheres;
  • Você vai saber absolutamente tudo o que eu sei sobre sexo,

E muito… muito mais…

Em outras palavras, trata-se de um processo de desenvolvimento da sua vida pessoal e amorosa que não consiste apenas em Atrair e Seduzir, mas também, de trabalhar a Autoestima e Autoconfiança que são capazes de fazer você transformar sua vida daqui para os próximos 30 Dias… Quer mais? Então tá… Você ainda terá acesso ao Clube da Mulher Magnética, onde poderá conversar diretamente comigo pelos próximos 30 dias (sem pagar nada a mais por isso)… Clique aqui agora e faça a diferença na tua vida, lindona.

É mole ou quer mais…? Te espero na primeira aula, lindona…

Vanessa de Oliveira.