Vanessa de Oliveira. Dicas de amor, sexo, sedução e relacionamentos.

Início / O TAMANHO DA FERRAMENTA É GARANTIA DE BOM SERVIÇO?

O TAMANHO DA FERRAMENTA É GARANTIA DE BOM SERVIÇO?

SHARE
500 0

O que esperar de um homem com um pinto pequeno?

A primeira coisa é entender que para os homens, TAMANHO É DOCUMENTO SIM, portanto quando nos referimos a esse tal “documento”, estamos falando, amiga linda, de coisas que envolvem o psicológico do cara, com certeza.

De cara, amiga, você poderá levar em consideração que caras com micropênis possuem fortes tendências a terem problemas de autoestima. Inevitavelmente o ego desses caras serão afetados: de um lado lindona, terá os caras que tratarão muito bem as mulheres como forma de compensar esse “probleminha”, assim como, outros, poderão cair para o lado negro da força e maltratar as mulheres, fazendo com que elas se sintam para baixo – em algum aspecto – como forma de fazer com que, na medida que elas se sintam mal, eles se sintam mais DOMINANTES.

A questão é que, você sabe, o sentimento não se limita ao aspecto físico, portanto, naturalmente, você poderá se atrair e se apaixonar sim por um cara desses… Por que não?

É importante apenas você estar atenta para se adequar às questões, principalmente as psicológicas, e buscar maneiras de fazer com que ele se sinta bem e confiante do teu lado.

A força sexual é uma força poderosíssima… De um jeito, ou de outro, ela acaba tomando alguma forma na vida de qualquer ser humano. O cara, com pinto pequeno, de repente será aquele cara especialista em preliminares; aquele cara que, no fim, você não vai nem sentir falta, na hora H, da penetração pois será o cara que compensará esse pequeno lapso.

O mais importante, Lindona, é você entender que muitos desses caras tendem ao fetichismo e, para isso, você poderá estar aberta (ou não) para novas aventuras.

Muitos depoimentos de mulheres que se relacionam, ou se relacionaram, com homens desse tipo, acabavam caminhando para situações que envolviam o fetichismo: desde casais que optavam pela prática de swing até mesmo de outros onde a mulher acabava se transformando em uma “dominatrix” para satisfazer as necessidades ali na hora do vamos ver.

Quando falo de “fetichismo”, lindona, é importante entender que isso tem muito mais a ver com o prazer psicológico do que com o físico, ainda que, claro, uma coisa acabe levando a outra.

Li uma vez o depoimento de um cara que dizia que adorava ser humilhado pela esposa. Ela chegava ao ponto de usar aquela cinta peniana e penetrá-lo enquanto o humilhava e comparava o pinto dele ao de um bebê.

A questão aqui, lindona, não é fazer qualquer tipo de julgamento para essas situações, mas sim, perceber que, de um jeito ou de outro, caras com pintos pequenos, em sua maioria, trarão em si algum distúrbio relacionado ao ego e, quanto a essa questão, vale a pena você entender para saber lidar, da melhor maneira possível, com essa situação, pois, como você já sabe: nada impede de você se apaixonar por um homem assim.

Nada impede mesmo, alias, amiga, sentimentos são sentimentos, né? Por outro lado, caras que possuem aqueles pintos ENORMES – por mais que isso estimule a curiosidade (e até o fetichismo) de muitas mulheres – também possuem problemas em manter relações… Nesse caso “pecar pelo excesso” não é necessariamente o melhor resultado.

Tanto um extremo quanto o outro trarão problemas para o cara e a mulher terá de ter um jogo de cintura enorme, caso venha a investir em homens assim. Isso porque, já começa que esses caras, inevitavelmente, já terão problemas relacionado à autoestima e buscarão compensar isso de alguma maneira… A questão, lindona é: COMO farão isso?

E se caso você ainda não me conhece, lindona, eu, Vanessa de Oliveira, venho estudando o comportamento humano nas relações já há anos e, como autoridade na área de relacionamentos proponho ensinar às minhas alunas o conhecimento capaz de ajudá-las a se autoconhecerem para que possam se desenvolver num amplo espectro da vida pessoal, social, amorosa, profissional e por aí vai…

Certamente, lindona, ao se inteirar mais sobre os ensinamentos que passo através dos meus cursos, você sairá uma mulher verdadeiramente poderosa. São anos e anos, ajudando milhares de mulheres e os depoimentos a seguir falam por si, olha só:

Esses são apenas alguns, entre os milhares, dos depoimentos que recebo dia após dia, miga e não param. Eu acredito que, como uma mulher inteligente, se você chegou até aqui, certamente você está disposta e quer muito ir mais adiante, não é mesmo?

Estamos falando de um aprendizado que envolve o conhecimento sobre as estruturas comportamentais e, para isso, amiga, basta você seguir direitinho as minhas instruções e estar aberta para aprender mais sobre si mesma e sobre os homens, que a coisa simplesmente vai acontecer até mesmo sem que você perceba… Quando viu, já foi… tipo isso.

CLICA AQUI AGORA e acesse, lindona…

Amiga… Além de você aprender sobre O Poder da Autoestima Inabalável que tem a ver com quando uma mulher decide realmente ser poderosa e autoconfiante, você também vai aprender sobre técnicas de sedução em “Seja Sedutora Acima de Tudo”, um módulo que você irá aprender como usar seu poder de conquistar e reconquistar os homens, ao final dele, amiga, certamente você estará pronta e saberá tudo sobre as técnicas de sedução e como fazer com que ele se interesse e se apaixone novamente por ti.

Agora, o melhor de tudo, amiga – e acho que isso aqui vai funcionar mais do que qualquer remédio -, está no módulo: Como Ser Uma Deusa… Nesse módulo você irá aprender sobre como ser uma Mulher Bem Resolvida na Cama, aprendendo tudo sobre sexo e, também, sobre qual a importância desta poderosa energia na sua vida!

Você irá aprender como realmente se tornar uma Mulher com Peito de Aço, capaz de colocar novamente a sua vida amorosa e SEXUAL em ordem, lindona… Vamos lá? Ahh… Antes que eu me esqueça, que tal obter acesso também ao Clube da Mulher Magnética? Ao acessar o curso, você terá 30 dias GRÁTIS para falar comigo lindona… Bora lá… Te espero…

Mas corre, pois as vagas do Clube são limitadas.

Te espero, amiga…

Beijos…

Vanessa de Oliveira.